Bolerus por aí (009) – Estação Paulista do Metrô

Na última terça-feira (06/02/18), nosso andarilho verde quis levar seu corpo em versos para observar as pessoas que entravam e saíam da Estação Paulista do Metrô. Porque, muitas vezes, é bem bacana imaginar a trajetória de quem chega e quem parte, quais suas histórias, quais os seus sonhos… Quem vive em São Paulo e usa bastante o metrô, já deve ter se deparado com as pessoas que leem durante a viagem. E o “Bolerus” de número 009 quis tentar a sorte e ficar por ali, no saguão de entrada da estação. Num banco de cimento, ao lado de um jardim de inverno, nós o libertamos, desejando que ele viva grandes aventuras e encontre muita gente por aí. Já na saída, uma moça nos chamou e disse que tínhamos esquecido nosso livro. Ao que respondemos: “Ele é seu”. E ela foi lá conhecê-lo. O resto é imaginação.

> Quer comprar o “Bolerus” impresso? Acesse: https://pag.ae/bhsTF7S.

> Prefere o e-book? Acesse: http://amzn.to/2AL1uVl.